Image for post
Image for post
Pedro Javier López | Head of Digital Experience | everis Américas

Alexa: A voz da era digital

O lançamento da Alexa no Brasil indica um ponto de inflexão na era digital para residências e empresas.

Até pouco tempo atrás, no mundo da Internet das Coisas (IoT), onde os dispositivos se conectam entre si usando redes de comunicação, o celular era o nosso principal controle remoto para interagir com dispositivos conectados. Porém, esse controle está sendo substituído por uma “nova-velha” interface: a linguagem. As telas que têm preenchido nossas vidas nos últimos anos estão sendo aposentadas para dar lugar à voz e à escrita.

Nos últimos anos, presenciamos uma enorme expansão de novos canais de comunicação à disposição para facilitar a maneira como as pessoas se conectam entre si e com as marcas. O consumidor, cada vez menos engajado e mais informado, espera ser atendido pelo WhatsApp, Facebook ou Google Assistant a qualquer momento e em qualquer lugar. A característica de todos estes novos canais é que eles são baseados na linguagem natural, a mais flexível e intuitiva das interfaces.

Nos Estados Unidos, mercado de referência para a inovação, um terço das pessoas já utilizam assistentes de voz semanalmente, e um quarto das famílias possuem pelo menos um assistente de voz. E no meio de toda essa realidade emerge um líder claro: a Amazon e seu assistente de voz Alexa, que é oferecido tanto através de um ecossistema de dispositivos compostos por seus próprios aparelhos Echo, como por dezenas de dispositivos de outros fabricantes que não param de crescer.

A Amazon lançou recentemente novos dispositivos com a Alexa que incluem: fones de ouvido, óculos e até mesmo um anel. Atualmente, a Alexa é a plataforma de maior sucesso na sua categoria, tanto em vendas como em número de aplicações (Skills na terminologia da Amazon), superando em várias vezes o seu principal concorrente, o Google Assistant (e a sua gama de dispositivos Home).

As marcas estão correndo para oferecer seus serviços através deste novo canal. Já existem mais de 100.000 skills da Alexa em todo o mundo. No Brasil, empresas como a LATAM e o Itaú entenderam a mensagem e disponibilizaram seus skills desde o lançamento. Para isso, tiveram de passar por um processo de homologação exigente, em que o que importa é a experiência do usuário.

Para criar um skill você deve ter uma equipe multidisciplinar que combine o conhecimento técnico da tecnologia da Alexa com especialistas em linguagem e experiência para conduzir o negócio, a personalidade e o tom da marca para este novo canal de comunicação.

Na everis já possuímos este conhecimento por termos criado skills para várias empresas de diferentes setores na Europa. Uma das lições aprendidas é que a experiência para um assistente de voz como a Alexa deve ser desenvolvida especificamente para esse canal. Nem todas as funcionalidades trazem um bom resultado quando oferecidas por meio da voz. Por exemplo, sabemos que os skills mais bem-sucedidos são aqueles usados no dia a dia das pessoas e que os mais esporádicos ainda não funcionam tão bem neste novo canal.

O número de residências que possuem assistentes de voz está em constante expansão, superando as inovações anteriores, como o computador ou o celular. Não há como voltar atrás, estes dispositivos, inevitavelmente, vão ocupar todo e qualquer lugar em nossa casa, começando pela sala de estar, oferecendo a conexão com uma variedade cada vez maior de dispositivos conectados e um mundo inteiro de serviços ativados por voz.

Diante deste cenário, as empresas que desejarem permanecer competitivas não podem ficar de braços cruzados e o investimento em assistentes de voz deverá estar entre as prioridades estratégicas, consolidando-se como um novo avanço no relacionamento com os clientes. Definitivamente, entramos na era da voz.

Written by

Exponential intelligence for exponential companies

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store