Image for post
Image for post
Roberto Celestino Pereira | Head Innovation & LAB | everis Brasil

Como mensurar os resultados da Inovação

Em meio as piores crises, empreendedores inovam e descobrem grandes soluções capazes de transformar o cotidiano e a sociedade.

Isto é um fato. Importantes pesquisadores já testemunharam e comentaram sobre este “momentum”.

Neste contexto, quero tratar neste artigo, um ponto que vai além da capacidade de inovar, quero conversar sobre a habilidade de mensurar os resultados das inovações tecnológicas. Um fator fundamental para os times de inovação, que devem estar preparados para responder este questionamento, que certamente virá por parte dos diversos stakeholders.

Para esta análise, trago a experiência de 30 anos em consultorias internacionais, o aprendizado como professor e pesquisador das melhores universidades do País, as lições obtidas em conversas com os melhores empreendedores do Brasil, e principalmente o dia-a-dia de um laboratório digital com alto volume de desafios, “squads” e protótipos.

Como premissa, sabemos que mensurar resultados em grandes companhias é um enorme desafio. Ainda mais de iniciativas e projetos que não estão relacionados com o faturamento direto da empresa. Portanto, definir o ROI sobre o programa de Inovação em uma grande empresa é uma tarefa difícil e que exige muita colaboração e disciplina.

Outra premissa está relacionada aos métodos e conceitos de inovação que a empresa já utiliza, como OKRs, KPIs, Times Ágeis, Sponsorhip, Budget, Open Innovation, Ecossistema, Go to Market… ou seja, sobre a maturidade que a empresa possui quanto a gestão da Inovação, pois sabemos que com o passar do tempo a necessidade em obter bons resultados se torna vital.

Assim, vamos analisar aqui alguns resultados que as empresas podem obter com programas de inovação bem estruturados. Vou elencar e comentar os pilares que entendo ser mais relevantes de mensuração, e peço a colaboração de todos para somar neste debate, comentando e acrescentando outros indicadores para contribuir com os executivos de inovação.

O primeiro resultado está relacionado aos “talentos”, pois pessoas que trabalham em empresas inovadoras se sentem mais incentivadas, desafiadas e engajadas, com maior sentimento de pertencimento e que evoluem em termos de postura organizacional. Ações combinadas com RH para este pilar ajudam na mensuração e demonstração deste importante ativo da companhia.

Parcerias com Universidades potencializam muito a aproximação dos nativos digitais, principalmente dos alunos mais empreendedores que querem se envolver em desafios reais de mercado

Outro importante resultado que pode ser mensurado é: a captação de recursos obtidos e utilizados em prol da inovação da empresa. Este pilar pode ser explorado de diversas formas, desde subsídios de Amparo e fomento, passando por equipamentos (hw, sw, devices e cloud), até a utilização de espaços cedidos pelos parceiros do ecossistema. Neste pilar podemos mensurar financeiramente os investimentos e reduções de custos que a inovação traz para a empresa.

O pilar que trata sobre o valor da marca, quanto ao seu posicionamento como empresa inovadora é um dos mais difíceis de mensurar, mesmo com toda geração de conteúdo, vídeos, meetups, webinar, newsletter, palestras, e artigos, é difícil associar o que estas ações promovem diretamente para os projetos de inovação e aumento de faturamento. Embora também os acionistas, parceiros, clientes e colaboradores reconheçam que o valor da empresa aumenta quando ela é inovadora, e mesmo quando a empresa assume posições nos rankings de inovação, é difícil estabelecer métricas que traduzam estes fatos em dinheiro.

Agora, em contrapartida, o pilar que traz resultados financeiros imediatos para a empresa são os protótipos e desenvolvimento de soluções que endereçam grandes desafios tecnológicos dos clientes. Ou seja, saber identificar novas oportunidades digitais em empresas clientes, e mesmo no mercado, conseguir conceituar, idear e desenhar uma nova solução, desenvolver e prototipar, pensar no modelo de negócio, validar as hipóteses e colocar em produção — isto sim traz resultado imediato para a empresa, uma abertura para novos negócios, com novas ofertas de valor.

Por esta ser a métrica mais evidente para medir resultados da inovação tecnológica, é fácil encontrar na literatura artigos e relação de indicadores que ajudam na mensuração e garantem transparência e alinhamentos. O funil abaixo (extraído do site https://bscdesigner.com/) ajuda a explicar a conversão dos protótipos em projetos.

Importante lembrar que com a maturidade do time de inovação, alinhamentos de planos “budget e target settings”, definição dos OKRs…, será mais tranquilo apresentar os resultados nas reuniões de comitê. A discussão que trago aqui é: como tornar os pilares mencionados neste artigo em resultados financeiros para empresa?

Preciso mencionar também que é fundamental saber VENDER tudo o que se faz em inovação, disseminar à comunidade os protótipos, inciativas, parcerias, novos conhecimentos, enfim…todos devem saber e entender as capacidades do time de inovação. A parceria com marketing para produção de filmes, artigos, meetups, webinars, etc…são estratégicos neste sentido.

Estamos surfando o potencial das novas tecnologias, propondo novas soluções com o uso da Realidade Estendida, IoT, Inteligência Artificial, Machine Learning Bots, Drones, etc… A capacidade de gerar novas soluções tecnológicas ainda é maior do que a de desenhar novos modelos de negócio,

Em nosso laboratório digital, que irá completar cinco anos de operação e que possui um ótimo conjunto de recursos e competências, procuramos trabalhar em total sinergia com as áreas de negócio, buscando desafios e oportunidades junto aos clientes, para prototipar soluções disruptivas em colaboração com o ecossistema. E para que estes atores estejam engajados e motivados nas iniciativas de inovação, é importante que sejam informados sobre os resultados e progresso de tudo o que fazemos. A definição dos OKRs e KPIs nos ajudaram muito neste processo de report e análise sobre nossa performance.

Written by

Exponential intelligence for exponential companies

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store