Image for post
Image for post
Arllen Lira | Líder de Industrialização Digital | everis Brasil

Industrialização Digital — Provisionamento de infraestrutura Cloud, com uso agendado

Neste artigo, vamos abordar pontos práticos sobre usos da industrialização digital sob o ponto de vista da redução de custos de provisionamento de infraestrutura na nuvem por meio de plataformas de Infraestrutura como Serviço (IaaS).

A everis adota diversas abordagens com foco em redução de custos e no uso inteligente das nossas instâncias que são utilizadas na nossa plataforma Umane (PaaS).

Com destaque para o “uso agendado das instâncias na nuvem” e para “autoescalabilidade dos recursos provisionados”, esta última sendo aplicada de maneiras distintas, de forma horizontal ou vertical.

Aqui trataremos do uso agendado de instâncias na nuvem.

Uma análise detalhada do comportamento padrão de diversas instâncias que provisionamos em diversos países e clientes permite concluir que:

· A maioria das instâncias são utilizadas no horário comercial, mais comumente entre 8h e 20h, após isso as elas ficam em modo ocioso.

· O uso destas instâncias aos fins de semana é raro, quando isso ocorre é de maneira pré-programada. A exceção ocorre em caso de urgências ou demandas de última hora. Entretanto, quanto maior o nível de maturidade do SDLC (do inglês, Software Development Lifecycle Management), menores são as chances de demandas não previstas.

Diante deste cenário, desenvolveu-se um “robô” que executa na nuvem as chamadas de start e stop destas instâncias que trabalha com base nas janelas de uso identificadas. Chamamos isso de plano de “Uso inteligência das instancias”.

Os serviços de IaaS oferecem suporte à execução de funções utilizando o paradigma funcional que visa à aplicação de programações sobre as instâncias, em contrapartida às programações imperativas que ocorrem dentro delas.

Neste case, utilizamos o AWS Lambda Function para programar os robôs para executarem as ações de ligar e desligar as instâncias, acionados pelo agendamento de um evento baseado em tempo para que não necessite da intervenção humana na chamada das funções, possibilidade permitida pelo recurso de monitoramento da AWS denominado CloudWatch.
A ação para desabilitar estes agendamento em casos excepcionais pode ser feita de maneira manual, nos casos de uso fora dos horários previstos.

A seguir, um exemplo de um gráfico de monitoramento gerado com a aplicação do “Uso inteligente das Instâncias”:

Os pontos em verde demonstram o momento em que as instâncias foram ligadas/desligadas efetivamente pelos robôs.

Ganhos resultante da abordagem:

Redução de custos de 67,7% comparado à utilização 24/7

Esta redução foi detectada em clientes que a abordagem foi aplicada.

Written by

Exponential intelligence for exponential companies

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store